20130724

correio que saiu pra entrega e nunca chegou é o novo marido que saiu pra comprar cigarros e nunca voltou. vai ver o moço do correio foi entregar a encomenda pro meu marido.

20130717

até tirarem o suco do teu sufoco. pois conseguiram. te digo ainda. que eles são tu.
Absurdo ler o que devia dilacerar a ponto de morrer e, para começar, preparar a sua lamparina, uma bebida, a sua cama, dar corda no relógio. Rio disto, mas o que dizer desses "poetas" que se imaginam acima das atitudes deliberadas, sem confessar que têm, como eu, a cabeça vazia: - um dia, mostrar isso com exatidão - a frio - até o instante em que nos quebramos, suplicando, quando cessamos de dissimular, de estar ausentes. 

BATAILLE, Georges. A Experiência Interior. Editoria Ática: São Paulo, 1992. p. 43

20130716

o túmulo do ridículo

são firulas

são fissuras, são lisuras
não complica, minha língua
se trumbica, especifica
essa súplica, sútil, suturada
sátira, saturada, cintilante
tá sempre de frescura
de linguagem
linguaruda

20130709

quando eu achei que me livrava,
me caía isso na cabeça,
livro com palavra
va.

20130702

o tempo engolido pelas piscadelas.

muitas horas vivem dentro de piscadelas. será por isso que mortos são enterrados de olhos fechados? estariam eles finalmente vivendo o tempo perdido? pálpebras são poços para viagens no tempo?

20130701

Menos eu sou.

Quanto mais profundamente sabem quem eu sou, menos oportunidade eu tenho de ser múltipla.